Nunca mais

04/12/2019

Tem uma música da Fleurie que eu gosto muito chamada There's a Ghost. E tem o poema O corvo, o mais famoso do meu amado Edgar Allan Poe. Dia desses me dei conta que a Fleurie faz referência ao poema na música. E então, a tatuagem que quero fazer em homenagem a Poe (e ao poema) ganhou um significado duplo.

Pra quem não conhece, tem uma tradução muito maravilhosa do texto feita pelo Machado de Assis aqui. Tem um áudio do poema sendo recitado. Vale a pena ouvir.

"Profeta, ou o que quer que sejas!
Ave ou demônio que negrejas!
Profeta sempre, escuta: Ou venhas tu do inferno
Onde reside o mal eterno,
Ou simplesmente náufrago escapado
Venhas do temporal que te há lançado
Nesta casa onde o Horror, o Horror profundo
Tem os seus lares triunfais,
Dize-me: existe acaso um bálsamo no mundo?
"E o corvo disse: "Nunca mais".

********


There's a black bird over my door singin' nevermore
Nevermore
Nevermore
Nevermore

Há um pássaro preto sobre os meus umbrais cantando nunca mais, nunca mais, nunca mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico feliz com o seu comentário!
Respondo ele lá no seu blog, ok? ;)